Jack versus Meias

Jack versus Meias

Era início de dezembro de 2010. Estava chegando em um resort em Mangaratiba para participar do planejamento estratégico da empresa que trabalhava. Ao estacionar, literalmente, recebi uma mensagem do Renato: “Jack acabou de vomitar um pé de meia de malhar meu. Onde está o outro?”

Bem, o bom era que a meia era de cano curto. Menos mal! Mas como Jack comeu um pé de meia? Logo nós que somos tão cuidadosos! E a pergunta que não queria calar ecoava: “onde estava o outro pé?”. Eu estava a quilômetros de distância, liguei e falei para o Renato: “Não sei! Faça uma “busca e apreensão” em todos os cantos da casa. De repente ficou na máquina de lavar roupas, caída no cesto de roupas sujas ou perto do tanque.”

Nem preciso falar que o nervosismo tomou conta de mim na hora. Não conseguia me concentrar em nada! Ainda bem que naquela tarde só teríamos um jantar de boas-vindas! Ufa!!! Eu passaria ainda quase 5 dias lá.

Mais tarde o Renato me ligou dizendo que não achou o outro pé, mas que estava tudo bem, pois o Jack continuava fazendo xixi, cocô e comendo como se nada tivesse acontecido. E que não precisava levar ao veterinário. E isso perdurou por todos os próximos dias: Jack comia e fazia suas necessidades com muita tranquilidade!

Jack supertranquilo!

Jack supertranquilo!

 

Quinta-feira a tarde cheguei em casa. Foi uma festa! Eu estava com muitas saudades do Renatinho e do Jackinho! E eles de mim! Jack ficou tão feliz que corria de uma lado para o outro, trombando nas paredes, pegava brinquedo, pulava! Uma delicinha!

De repente, ele ficou quieto e vomitou. E o que veio junto? O outro pé da meia! Genteee, ele estava dobrado e sem mastigar! Se lavasse, poderia até usar.

O pior é que vocês não vão acreditar que o Jack, até hoje, fica com “água na boca” quando avista uma meia! Safadeenho!

"Oi? Eu vi alguém com uma meia na mão?"

“Oi? Eu vi alguém com uma meia na mão?”

 

E vocês, tem alguma estripulia do pet de vocês para dividir comigo?





About the author

Zaida Campbell Albuquerque
Zaida Campbell Albuquerque

Oi! Eu sou a Zaida Campbell Albuquerque, carioca, quarentinha e apaixonada por fotografia. Sou contadora, mas nunca trabalhei na área. Porém, adoro contar histórias! Meu negócio é administrar a bagunça! Aqui será o espaço em que dividirei com vocês o que gosto e o que não gosto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *