Eu e Lulu, Lulu e eu

Eu e Lulu, Lulu e eu

Copiei a ideia do título de um cd clássico do Lulu Santos de 1995: “Eu e Memê, Memê e eu” porque fiquei horas pensando em um título bacana, que refletisse toda a importância dele em minha vida e não consegui ser criativa a sua altura! #sorryLulu

O início de tudo

Tinha 12 anos e um vizinho um pouco mais velho lavava seu carro toda semana (na verdade, acho que ele lavava mais vezes), ouvindo música. Com fone no ouvido e curtindo sua musiquinha? Claro que não! Genteee, estou falando de 1984! As pessoas lavavam carro com as portas abertas e o toca fitas (sim, sou da época do cassete) tocando músicas altíssimas! Para minha sorte, o sujeito tinha um bom gosto musical!

Em uma destas lavagens, ele ouviu incessantemente uma música (parecia que ele havia gravado uma fita só com esta música). A música era Tão bem, do LP (long play) Tudo azul. Adorei a música de cara: “Ela me encontrou / Eu tava por aí / Num estado emocional tão ruim / Me sentindo muito mal / Perdido, sozinho / Errando de bar em bar / Procurando não achar / Oh! Yeh! Yeh!”. Gostei da letra, do arranjo, enfim, de tudo! Como naquela época minha cabeça era bem fresquinha, decorei a letra na hora! Para minha sorte, aquela devia ser a música favorita do vizinho e não precisava contar com a boa vontade dela ser tocada no rádio para ouvir (para minha tristeza meu pai não tinha o hábito de comprar LPs!).

LP Tudo azul!

LP Tudo azul!

 

A descoberta

Quando descobri que a música era do Lulu, percebi que já gostava dele sem saber que ele era ele: Tudo com você, Tempos modernos, Tesouros da juventude, De repente, Califórnia, O último romântico, Certas coisas (linda demais!), Adivinha o quê, Um certo alguém, Como uma onda, Tudo azul e Ronca Ronca!

Como esta pessoa é abençoada para escrever e compor músicas que tocam lá no fundo do nosso coração! Simplesmente um luxo!

Shows

Aos 17 anos, assisti meu primeiro show levada pela tia Paulina, junto com a Alexia e minha prima Adriana. Nossa! Conseguimos ficar lá na frente, muito perto de tudo! Fiquei extasiada! Produção impecável: luzes, figurino, banda, coreografias, repertório (bem isto é fácil para ele!) e, claro, meu muso amado Lulu Santos! E suas meias! Sim, desde aquela época notei o seu gosto por meias elegantes ou funnies! Me acabei dançando e cantando! Ah! E claro que fui ao camarim parabenizá-lo (me achando, né?).

Tia Paulina ainda nos levou a vários shows. Depois assisti a diversos com outros grupos e posso dizer que tive o privilégio de assistir Lulu na reabertura do Noites Cariocas no Morro da Urca!

Trilha sonora

Posso dizer que a trilha sonora da minha vida é formada pelas canções já citadas e de outras como: Sincero (me lembro dele no Chacrinha em uma vibe The Cure), Condição (“eu não sei viver sem ter carinho…”), Ny popoya e papa, Um pro outro, Lá vem o sol (Here comes the sun), Toda forma de amor, Satisfação (“Pego o telefone / Ligo a televisão / Abro a geladeira / Mas não tem satisfação”), Cobra Criada (“Mal, mal, mal não me encosta / Mal, mal, mal não me encosta / Eu sou cobra criada”), Samba em Berlim, Imaginação (“Eu não existo / Eu sou uma invenção / Da tua parte / Eu sou tua fantasia / Fruto da imaginação”), Apenas mais uma de amor, Assim caminha a humanidade, O que é bom, Cadê você e Deusa da Ilusão (“Sereia do meu mar / astronave do meu ar”).

Hoje

Continuo adorando o trabalho do Lulu e já acrescentei tanto na trilha da minha vida quanto na minha playlist o seu novo sucesso, Sócio do Amor: “Eu digo, repito / Acredito no amor / Enquanto acende / Incendeia e sai calor / E se isso acontece / É a melhor coisa do mundo”.

Foto roubada do instagram do Lulu Santos (@lulusantosoficial)!

Foto roubada do instagram do Lulu Santos (@lulusantosoficial)!

 

E vocês tem alguma música marcante ou algumas, como eu? Contem, contem, contem!





About the author

Zaida Campbell Albuquerque
Zaida Campbell Albuquerque

Oi! Eu sou a Zaida Campbell Albuquerque, carioca, quarentinha e apaixonada por fotografia. Sou contadora, mas nunca trabalhei na área. Porém, adoro contar histórias! Meu negócio é administrar a bagunça! Aqui será o espaço em que dividirei com vocês o que gosto e o que não gosto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *